quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Depilação em pele negra

Laura Folgueira, especial para o Yahoo! Brasil 

Cada tipo de pele possui suas devidas particularidades. Com a pele negra, não é diferente: por ter maior quantidade de melanina, há certos cuidados específicos a se tomar com os métodos e formas de depilação.
O primeiro diz respeito ao famoso laser. Ele é, de fato, o método mais definitivo de depilação mas, entre suas desvantagens, está o fato de que as negras precisam ter cuidado redobrado em seu uso. Mas, hoje em dia, não é verdade que ele seja proibido para quem é mais morena, explica a dermatologista especializada em peles negras Katleen Conceição. “Deve se usar com cautela e de preferência começar com frequências baixas nos aparelhos, para não queimar a pele e causar manchas irreversíveis”, explica a médica.
O tipo menos agressivo para a pele negra, indica Katleen, é o laser diodo. Ele não precisa usar alta frequência e, por isso, não afeta os melanócitos – já que o laser, para eliminar o pelo, é atraído justamente pela melanina presente nos fios, motivo pelo qual funciona melhor em que tem a pele branca e os pelos escuros. O laser de diodo é capaz de diferenciar entre a melanina do pelo e a da epiderme, e tem uma ponta quadrada, mais precisa.
Além disso, a pele negra é mais suscetível a sofrer com pelos encravados, já que eles são naturalmente mais curvados. “Para evitar, o ideal é utilizar bucha vegetal com gel esfoliante durante o banho, e sempre hidratar após a depilação”, diz Katleen. A foliculite também pode acabar causando outro efeito indesejável e muito comum nas peles negras: as manchas escuras. Se isso acontecer, aposte em cremes à base de hidroquinona (sempre receitados, vale lembrar, por um dermatologista).
Se for raspar os pelos durante o banho, evite a água excessivamente quente, que resseca ainda mais esse tipo de pele que já tem a tendência de ser naturalmente seca. Ao sair do banho, ainda com a pele úmida, opte por hidratantes à base de ureia e óleo de semente de uva.
Quatro dicas para cuidar da pele negra
- Se optar pela depilação definitiva, o melhor laser para esse tipo de pele é o laser diodo, que não causa manchas ou queimaduras.
- No banho, ao usar a lâmina, evite a água muito quente, que agrava a secura da pele.
- Logo após a depilação, hidrate a pele com hidratantes à base de ureia e semente de uva.
- A pele negra pode utilizar todos os métodos de depilação disponíveis no mercado – incluindo a cera quente.
Fonte:
http://custom.yahoo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário